segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Se Deus sabe nosso destino, como fica o livre-arbítrio?

Um dos argumentos de criaturas que não creem no Criador é que "se Deus sabe o que faremos, então significa que só há um caminho, que está tudo decidido, e que se há apenas um caminho, logo não há livre-arbítrio, apenas destino". Há uma interpretação equivocada neste modo de pensar, e vou explicar porquê.

Para Deus não há o tempo, o tempo é algo do nosso mundo físico, mas Deus é eterno, Ele era, é, e há de vir, para Deus não existe antes nem depois, existe o sempre, Deus é o criador do próprio tempo. A cada coisa que acontece a cada tempo nas nossas vidas fazemos escolhas, assim sofremos com a consequência, mas o tempo é só nosso, e só Deus sabe o que acontecerá, isto não nos impede das escolhas. Parece complicado entender? Vou explicar de um modo bem simples.

Foi gravado um jogo de futebol, você assistiu ao vivo, e agora assistirá ao mesmo jogo só que agora gravado. Porém você sabe qual resultado acontecerá na partida, quem fará os gols, o número de faltas, e até o minuto que o jogo irá acabar, você sabe tudo, porém isto tira as escolhas dos jogadores e dos acontecimentos no jogo? Não! Por que não? Porque o jogo já se passou, sabemos o que acontece. No jogo gravado existiu tempo, mas agora não, vemos o jogo quantas vezes quisermos o tempo que quisermos.

Para Deus é assim, Ele é onisciente, Ele sabe Tudo, o tempo é criação de Deus, Ele não está limitado em não saber o futuro. Então as coisas no futuro apenas não aconteceram ainda para nós, mas para Deus passaram, passam, e passarão. Deus não precisa tirar nossa liberdade para isto, assim como não tiramos a liberdade do jogo de futebol. Na verdade temos infinitas opções, mas no final escolheremos apenas uma opção, e é esta uma que nosso Deus já sabe.

11 comentários:

  1. Poisdron!

    Bom dia!

    Gostei muito da postagem que vc fez sobre livre arbítrio. Peço permissao para postar no meu blog, mencionando a fonte é claro!

    abraço!
    Tenha um dia abençoado!

    ResponderExcluir
  2. Olá Vanusa, claro, você pode sim! Ficarei muito feliz. Obrigado pela sua presença e comentário. Terei prazer em visitar seu blog.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Assunto interessante!
    Acho que Deus fez o ser humano livre para escolher seu caminho, moldar sua índole e assim seguir a Deus não só porque é dever, mas sim porque é o certo a se fazer.Destino existe. E Deus sabe, pois ele tudo sabe e tudo vê. Vejo a vida como um labirinto, mesmo tendo uma única saída, não muda o fato de que existem vários modos de chegar a ela, podendo várias vezes se deparar com caminhos bloqueados, parar e repensar, cometer besteiras, mas refletir, pra daí voltar e fazer o certo.

    Ótimo post!
    Abraço^^

    ResponderExcluir
  4. Já eu vejo a vida como uma foresta, não sei se você já viu este texto que falo sobre livre arbítrio e o destino. Que concilio os dois.
    http://somospensadores.blogspot.com/2010/09/destino-existe-o-livre-arbitrio-tambem.html

    Abraços!

    ResponderExcluir
  5. bem direto...rs
    boa explicação, gostei.

    ResponderExcluir
  6. Hehe
    Aninha, obrigado pela visita e comentário!
    Grande Abraço!

    ResponderExcluir
  7. Boa noite, Sou evangélico acho que Deus não sabe do nosso futuro, ele traça e sabe nossos caminhos de acordo com nossas escolhas.

    Imagina como seria para Deus saber que um feto que ele concede a vida vai para o Inferno, ou seja, Ele concederá uma vida que fará escolhas erradas e vai para o inferno. Acho que existem furos na sua interpretação!

    Por que Deus provou Abraão com Isaque? Se ele já sabia que Abraão seria Fiel?

    ResponderExcluir
  8. Ah ta acho q realmente "deus" nao sabe o futuro deve ser por isso que ele afogou um planeta inteiro cheio de crianças inocentes..etc ha um tempo atrás,tudo porq nao saiu como esperado...

    ResponderExcluir
  9. Deus julgou o mundo porque o mundo precisava ser julgado. Se o mundo estava cheio de crianças inocentes, estas crianças estão ao lado de Deus no paraíso e têm a vida eterna. Ao contrário dos adultos que cometeram todo tipo de pecados sem arrependimento, fazendo o mal ao próximo e blasfemando a Deus.

    ResponderExcluir
  10. Vemos que o livre arbítrio existe, isso é óbvio, somos imagem e semelhança dele e ele é livre. A pergunta é se deus pode controlar o livre arbítrio. Pois só o controle do livre arbítrio tiraria sua liberdade não a previsão.
    Minha opinião: Ela começa com uma pergunta, Deus pode repetir um evento que já aconteceu? Se sim, imagine ele repetindo suas conversas com Adão e em algum momento ele olha pra frente e vê o homem pecando, o homem é livre então o que fazer? Vou ajudar em suas escolhas, Dez mandamentos, mas o tempo continua passando (porque é livre) e o homem continua pecando, e assim segue até hoje.
    E pergunto a vcs se Deus sabe que o único jeito de mudar o futuro do homem é pelas suas escolhas (que são livres) ele se esforça para muda-las, algumas com êxito outras não, excluindo o determinismo? O que vcs acham?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Samuel, agradeço pelo comentário bastante construtivo.

      Esta questão do determinismo e livre arbítrio é sempre complicada. Em minha opinião, as coisas são como são por escolha de Deus, mas não significa que Ele determinou tudo e sim que Ele escolheu nos dar a liberdade.

      Deus poderia repetir um evento, sendo onipotente, porém, nem há necessidade, o fato de Deus saber de todas as coisas, significa que Ele sabe o que aconteceria em qualquer situação. Por isto Deus pode "determinar" quem será salvo, enquanto a pessoa ainda está no útero da mãe, isto não tira o livre arbítrio, apenas demonstra que Deus sabe, que quando, ou se, a criança se tornar adulta, ela irá aceitar ou rejeitar Deus.

      O conceito de determinismo é um pouco mais complicado que isto, pois envolve o pecado. No entanto, Jesus Cristo, sendo totalmente Homem, foi capaz de viver sem ser escravo do pecado. O pecado não tirou a nossa liberdade, tirou a nossa capacidade de usar bem a liberdade.

      Excluir

Olá leitor, a melhor coisa para um blogueiro é ver um novo comentário, então se você leu o que penso, deixe eu ler também o que você pensa.

1- Dê sua opinião ou crítica. (sem agressividade)
2- Questione, você não precisa acreditar em tudo...
3- Sugestões são bem-vindas, fique à vontade.
4- Comentar é rapidinho, e sempre respondo.


-Comentários anônimos são aceitos, mas críticas anônimas não serão publicadas.
Obrigado e volte sempre. Sua leitura vale muito para mim!

Web Statistics